Manoel, Zagueiro do Fluminense, é Suspenso por Doping

0

O zagueiro Manoel, do Fluminense, foi suspenso por oito meses pela Conmebol após um teste positivo para “ostarina”. O jogador pode voltar a treinar em dezembro de 2023 e jogar em fevereiro de 2024.

O jogador do Fluminense, Manoel, foi punido com uma suspensão de oito meses pela Conmebol devido a um teste positivo para “ostarina”, uma substância que tem ação anabolizante. Apesar da suspensão, ele poderá reintegrar-se aos treinamentos do clube em dezembro e voltar aos campos em fevereiro do próximo ano.

A defesa de Manoel foi conduzida pelo renomado advogado antidoping, Marcelo Franklin, que já representou atletas notáveis como Cesar Cielo e Etiene Medeiros. “A pena base para a substância é de 48 meses, mas conseguimos provar que a contaminação foi acidental e que a responsabilidade do jogador foi mínima”, afirmou Franklin. Ele também agradeceu ao Fluminense e ao presidente Mário Bitencourt pelo suporte durante o processo.

A suspensão de Manoel teve início após o resultado positivo para “ostarina” em um exame realizado após a vitória do Fluminense sobre o River Plate, no Maracanã, em um jogo da fase de grupos da Conmebol Libertadores em 2 de maio. Embora não tenha jogado naquela partida, Manoel foi um dos selecionados para o exame pela entidade.

Manoel, desde o começo, manteve sua postura de inocência, afirmando que nunca consumiu a substância intencionalmente. Durante o período de suspensão, ele manteve sua forma física treinando com um personal trainer.

A Comissão Disciplinar da Conmebol divulgou uma nota oficial, declarando que Manoel foi considerado culpado de acordo com os artigos 6 e 7 do Regulamento Antidopagem da Conmebol e que a contagem da sanção começou em 19 de junho de 2023, data que marcou o início de sua suspensão provisória.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.